Infelizmente o ano de 2021 iniciou com um acidente automobilístico fatal que acabou tirando a vida de quatro pessoas da mesma família em Parauapebas, sendo marido, esposa e uma terceira vítima que estava grávida.

De acordo com as primeiras informações obtidas pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, repassadas por testemunhas, o acidente foi registrado na madrugada de sexta-feira (1) para sábado (2) na VS-10, nas proximidades de um frigorífico.

Continua depois da publicidade
Uma das vítimas é Ernandes Pereira da Silva.

As informações dão conta ainda que os familiares estavam voltando de uma localidade conhecida como Vila Juazeiro, para Parauapebas, quando o veículo Gol prata em que estavam, acabou sendo atingido por outro Gol, de cor branca, sendo que o motorista e uma passageira desse segundo automóvel, sobreviveram ao baque e teriam sido encaminhados ao hospital com escoriações pelo corpo.

Investigadores da 20ª Seccional de Polícia Civil estão apurando o caso e irão repassar as informações oficiais em breve sobre o acidente, porém, o Pebinha de Açúcar conseguiu identificar uma das vítimas fatais, trata-se de Ernandes Pereira da Silva, de 31 anos de idade, que atuava como Laboratorista no Projeto Salobo, de responsabilidade da mineradora Vale. Infelizmente a esposa dele e uma cunhada que estava grávida também morreram. O filho dele e outra criança que também estavam no veículo foram encaminhados com vida, porém, em estado delicado para um hospital particular e ao Hospital Municipal de Parauapebas (HMP), respectivamente.

Veículos ficaram totalmente destruídos.

Nossa equipe de reportagens esteve no local do acidente e gravou entrevista com Leonardo Mendonça, amigo de Ernandes Pereira. Bastante chocado, ele deu detalhes do que presenciou. “Presenciei a perca de um amigo, um irmão. Estávamos voltando da zona rural e o carro dele apresentou problemas e estava sem força, por esse motivo, eu e um amigo estávamos dando apoio em uma moto, porque o carro poderia apresentar defeito a qualquer momento. Presenciamos um Gol branco em alta velocidade, em média 160km/h, que perdeu o controle e bateu no carro de nosso amigo. Ainda chegamos a resgatar as vítimas dos veículos”, relatou a testemunha, afirmando que o veículo que causou o acidente estava ocupado pelo motorista e uma passageira. “A via está sinalizada com placa de limite de velocidade de 40km/h, porém, não foi respeitada, ocasionando essa tragédia”, finalizou.

Quem também conversou com a reportagem, foi o Tenente do Corpo de Bombeiros, Joselito, que trouxe novas informações, afirmando que a guarnição foi acionada para um atendimento de acidente de trânsito e imediatamente a Unidade de Resgate foi para o local. “Chegando lá, para nossa surpresa percebemos que se tratava de um acidente de grandes proporções, sendo que 9 vítimas foram observadas. Pedimos reforço do SAMU que levou as pessoas envolvidas no acidente para o hospital. Um dos veículos estava com excesso de lotação, inclusive com crianças, já o Gol branco, como era mais novo, tinha os dispositivos de airbag, que possivelmente salvaram a vida das duas pessoas”, relatou o Tenente Joselito.

Perguntado sobre as possíveis causas do acidente, o militar disse: “Ainda não temos informações precisas de quem causou o acidente, mas, podemos afirmar que o excesso de velocidade e lotação contribuem com acidentes dessa natureza”.

Fonte: Pebinha de Açúcar

Publicidade