Uma colisão entre um caminhão basculante e uma caminhonete L-200 em uma estrada vicinal, às proximidades da Vila Bacabalzinho, zona rural de Marabá, resultou na morte de duas pessoas, incluindo uma criança de três anos e deixou outras quatro feridas. O acidente ocorreu na tarde do último sábado (20).

As vítimas fatais foram identificadas como: Ronildo Silva e Silva, de 27 anos e Lara Emanueli Silva Araújo, de 3 anos, que eram tio e sobrinha e morreram ainda no local do acidente. Elas estavam na caminhonete L-200.

Uma das irmãs de Ronildo, identificada como Edinalva e o sobrinho dele, identificado como Leonilson estão internados em estado grave no Hospital Regional do Sudeste do Pará. Edinalva é mãe da criança de três anos, que faleceu ainda no local do acidente.

Outra irmã de Ronildo, Regina e um tio dele, identificado como João estão no Hospital Municipal de Marabá, mas não correm risco de morte. As vítimas são todas da mesma família e estavam retornando de uma chácara da família, localizada na Vila Oco, zona rural de Marabá. Eles seguiam para o Bairro São Félix, onde também possuíam casa, quando ocorreu o acidente.

A colisão entre os dois veículos foi tão forte que a caminhonete L-200, de placa HPF-9183, Itupiranga (PA), se transformou em um monte de ferro retorcido.

Após a colisão, o motorista do caminhão basculante, que estava transportando areia, teve que sair do local para não ser agredido por populares. Equipes do Corpo de Bombeiros e ambulância do Samu estiveram prestando socorro às vítimas.

O delegado Vinícius Cardoso informou que um inquérito policial foi instaurado para apurar a responsabilidade de quem foi o causador do acidente. “Queremos saber se si tratou apenas de um mero acidente ou se alguém ocasionou a colisão”.

Peritos do CPC Renato Chaves estiveram no local do acidente, assim como uma equipe de policiais civis. Testemunhas já começaram a ser ouvidas na 21ª Seccional de Polícia Civil.

“Todas essas peças serão juntadas para atribuir de quem foi à responsabilidade do acidente e o responsável pelas mortes”, enfatizou o delegado Vinícius Cardoso. Os corpos das vítimas foram sepultados nesta segunda-feira (22), no Cemitério do Bairro São Félix. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

(Alessandra Gonçalves/Diário do Pará em Marabá)

Publicidade