A Polícia Civil de Parauapebas abriu inquérito policial para apurar a morte de uma criança de apenas um mês de idade. Duas mulheres estão presas. Segundo a polícia, elas são suspeitas de terem matado a criança. A prisão das duas foi realizada por volta das 10h40 da manhã de segunda-feira (29), tendo como acusadas as nacionais Glenda Sousa Nunes e sua companheira Anna Terra Valadare Cunha.

A equipe da 20ª Seccional de Polícia Cívil de Parauapebas foi informada pela manhã sobre a morte da criança, caso ocorrido em um apartamento do Residencial Alto Bonito. No local dos fatos, os investigadores perceberam que o bebê apresentava manchas pelo corpo semelhante a hematomas. Ao entrar no apartamento, os investigadores tomaram conhecimento de que as mulheres teriam tido uma briga durante a madrugada, quando outros moradores teriam ouvido o choro da criança.

Ouvida em depoimento, Glenda Sousa, a mãe, contou para polícia que dormia junto com a criança e mais outras duas. Quando acordou pela manhã, percebeu que a bebê estava morta.

Entretanto, segundo informações de vizinhos, o casal passou a noite consumindo bebida alcoólica na residência e que durante a madrugada teria ocorrido uma briga entre o casal. Junto a isso, a equipe policial, comandada pelo DPC Felipe Freitas, também levantou outras questões quanto ao local em que foi praticado o crime, terminando por incluir o crime de fraude processual àqueles imputados às mulheres, que se encontram presas na delegacia à disposição da justiça.

(Neide Folha)

Publicidade