O site Fala Sério participou, quinta-feira (5), de uma coletiva de imprensa na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Na ocasião, o projeto Leite é Vida foi apresentado pelo secretário Ronado Araújo e sua equipe.

A proposta é que o alimento suplemente a alimentação de famílias que estão em situação de vulnerabilidade social em Canaã. A primeira etapa do programa, que já terá início na próxima semana, deve beneficiar 430 famílias.

>

A proposta é que cada uma das famílias receba, semanalmente, até seis litros de leite em dias alternados da semana. Crianças de seis meses a seis anos, nutrizes em até seis meses de pós-parto, gestantes atendidas pelas Unidades Básicas do município e idosos são o público alvo do projeto, devendo estar entre os membros das famílias atendidas.

Ronaldo Araújo, secretário de Desenvolvimento Social, destacou ainda que um dos diferenciais desta proposta é o apoio à cadeia produtiva local. “Um dos nossos objetivos é incentivar e fortalecer a produção local, pois todo o leite será comprada aqui em Canaã. Ou seja, além de amparar as famílias e oferecer esse suporte na alimentação, o programa vai fomentar a produção rural.”

O secretário afirmou ainda que a meta é ampliar o projeto no próximo ano. “O objetivo é atender mais famílias já no segundo semestre de 2020. Sabemos que a demanda é grande e queremos supri-la. Vamos, inclusive, expandir a ideia para a zona rural.”

A previsão é que, nesta primeira etapa sejam investidos cerca de R$ 23 mil de recursos próprios do município na aquisição do leite. Laticínios locais que estejam regularizados serão contratados para fornecer o alimento.

Publicidade