Em uma das cidades mais ricas do Brasil, mãe grava vídeo chorando e explica que Polícia Militar foi acionada para retirá-la de UPA por ela ter exigido soro para filha que estava desidratada

Tristeza, dor, humilhação… Não há palavras para descrever o sentimento de uma mãe ao ver a filha passando mal e não ser devidamente atendida em uma das cidades mais ricas do Brasil. Em Parauapebas, neste sábado (23), uma mãe gravou um vídeo revoltante sobre a situação enfrentada por ela em uma Unidade de Pronto Atendimento da cidade. Confira o vídeo:

Ciente dos fatos, o prefeito Darci Lermen gravou um vídeo e afirmou que tomará providências sobre o fato:

O médico foi identificado apenas como Edvaldo e ainda não falou sobre o caso.

Publicidade