Na manhã da quarta-feira (03), aconteceu no Ministério Público estadual uma reunião entre Prefeitura de Altamira, através da Secretaria de Planejamento e também Secretaria de Saúde, com Norte Energia, 10ª Regional de Saúde da Sespa e Associação Consórcio Belo Monte – ACBM para tratar sobre a construção do Hospital Materno Infantil em Altamira.

O Secretário de Planejamento de Altamira, Waldecir Maia Junior informou que em há uma verba de 12 milhões de reais de um acordo firmado entre estado, município e Norte Energia já direcionada para a construção do hospital, mas somente será feito um projeto após o estado se posicionar sobre a possibilidade de ampliação do Hospital Regional Público da Transamazônica ou a construção do materno infantil.“É importante entender que se trata de um acordo, e não uma condicionante imposta devido a construção da UHE Belo Monte.

Continua depois da publicidade

O Hospital Materno Infantil deve ofertar 34 leitos para toda a região do Xingu, a um custo de 1,5 a 2 milhões de reais por mês”.Somente após a Sespa articular com o governador para definir se há interesse em gerir o Hospital Materno Infantil, é que o local para a construção será definido.“Depois dessa decisão, a Seplan faz o projeto e a escolha do terreno.

Após isso se faz um orçamento para saber se a verba de 12 milhões de reais vai ser suficiente para realizar o projeto, levando em consideração que o valor foi destinado há anos atrás”.,

Publicidade