Nesta sexta-feira (01), a Polícia Civil de Redenção e o Ministério Público do Estado deflagraram a segunda fase da Operação Lost com o cumprimento de três mandados  de conversão de prisão temporária em prisão preventiva, em desfavor de três homens envolvidos no desaparecimento do Presidente da Associação Regional de Pessoas com Epilepsia, em e  Redenção, sul do Pará, e candidato a vereador Cícero José Rodrigues de Souza.

O corpo da vítima ainda não foi encontrado. As investigações concluíram a participação de pelo menos cinco pessoas. Ainda nesta sexta-feira (1) foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva e busca e apreensão em desfavor de um advogado. Além do mandado de prisão cumprido, foram apreendidos aparelhos celulares, computadores notebook e chips.

Continua depois da publicidade

“No que tange ao mandado de medidas cautelares diversas da prisão e busca e apreensão em desfavor de outro alvo, informo que o mesmo não foi cumprido em razão do alvo estar em viagem a outro Estado da Federação, mas tomou ciência da existência do mesmo através do advogado presidente da Subseção de Redenção/PA, se comprometendo a comparecer na Superintendência Regional tão logo retorne para este município, já na próxima semana”, explicou o delegado Luciano Freitas Faria, Superintendente Regional do Araguaia Paraense.

Quatro pessoas já foram presas. A investigação foi conduzida pela Superintendência Regional do Araguaia Paraense, com apoio do Núcleo de Apoio a Investigação – NAI/SUL, acompanhada  pelo Ministério Público do Estado do Pará. O nome do advogado não foi divulgado.

Fonte: Agência Pará

Publicidade