A prefeita Josemira Gadelha (MDB), esteve em uma coletiva com a imprensa local na data de hoje, (23) as 2h30, para anunciar o Lockdown em Canaã dos Carajás a partir de amanhã (24). De acordo com a prefeitura, a medida é para conter o avanço da Covid-19. E valerá pelos próximos 12 dias. A prefeita justificou o decreto.

” Não temos para onde transferir nossas pessoas internadas, nossas pessoas incubadas. Nós não temos leitos suficientes, por isso, temos que tomar medidas mais serveras “, disse a prefeita.

Continua depois da publicidade

O QUE FICA RESTRITO ?

● Fica restrito o funcionamento dos serviços e atividades não essenciais em toda Canaã dos Carajás.

● Fica proibida a circulação de pessoas. Somente uma pessoa da família pode sair e terá que justificar o motivo do deslocamento.

● Acompanhante, somente em casos especiais. Como: saúde, realização de saques e depósitos…

● Atividades religiosas estão suspensas, poderão ser realizadas por meio de acesso remoto: redes sociais, lives.

● Fica proibido o consumo de comida e bebidas alcoólicas em lanchonetes, barres e restaurantes. ( somente em forma de delivery ou se o cliente for buscar)

● As atividades escolares voltam totalmente ao acesso remoto.

● A feira do produtor irá funcionar normalmente respeitando o limite máximo de 20 pessoas, considerando que as pessoas não poderão consumir no local.

O não cumprimento das medidas acarretará em multas. Sendo: R$ 10.000 reais para para empresas , proporcional a gravidade da infração.

Multa de R$° 5.000 reais para pequenos, médios estabelecimentos.

Multa diária por pessoa física de R$ 150 reais .

Entre outras medidas previstas no decreto que entrará em vigor no no próximo dia (24).

O vice prefeito, Zito Augusto, teve uma breve fala, e lembrou do jornalista Pedro Reis, que sofreu uma parada cardíaca no dia de hoje (23). O vice, pediu a conscientização de todos, e até dos jornalistas.

Atualmente, Canaã tem 38.leitos no hospital de Campanhã, mas de acordo com a expectativa do governo municipal, o número irá subir para 50 leitos. A prefeita ainda disse que Canaã dos Carajás recebeu um número muito pequeno de vacinas, e por essas e outras questões, o Lockdown foi a maneira encontrada para não propagar o vírus, já que Canaã não possui leitos suficientes.

” Quando ficar em casa peçam a misericórdia de Deus, porque só dele vem a solução nesse momento” , finalizou a prefeita.

  • ( por: Neryan Da Hora)
Publicidade