O preço mais alto da arroba do boi já pode ser sentido pelo consumidor canaense. A carne comprada no mercado está, em média, 18% mais cara em relação aos meses anteriores. Cortes mais procurados, como colchão mole, alcatra e picanha, são os que mostraram maior aumento, o que tem incomodado o consumidor local.

Fátima Santos é dona de casa e diz que o bolso sentiu o preço mais alto. “A carne que eu comprava antes por R$ 22,00 agora está R$ 26,00, o que faz muita diferença na hora de fechar as contas no final do mês. É complicado esse valor mais alto, principalmente que está chegando perto do Natal.”

Um dos fatores que influencia na carne mais cara é o clima, afirmam especialistas. Em parte do Brasil, o sol forte e a seca diminuíram a qualidade da pastagem, o que encarece a arroba do boi. Outro fator preponderante na questão é a exportação, visto que a China e toda a Europa têm comprado bastante, o que fortalece o setor pecuarista, encarecendo ainda mais o preço da arroba.

No Pará, o preço médio da arroba é R$ 200,00. Em São Paulo, R$ 250,00, um dos mais altos dos últimos anos.

Publicidade