Por meio de nota, a Rede Celpa se manifestou sobre os casos de revolta populares contra os serviços prestados pela empresa. A concessionária repudiou qualquer ato de violência contra os prestadores de serviço e afirmou que já verifica junto às autoridades quais medidas podem ser tomadas para coibir atos deste tipo no futuro.

Veja a nota:

A Celpa informa que repudia todo e qualquer ato de violência, assim como ações que venham a colocar em risco a vida de pessoas que estão atuando na prestação de serviços em todo o Estado. Sobre a referida situação, a concessionária está acompanhando junto às autoridades as apurações e tomará as medidas legalmente cabíveis para que práticas desta natureza sejam coibidas.

Sobre a suspensão do fornecimento de energia a Celpa esclarece que o corte do fornecimento de energia é a última alternativa da concessionária para o cliente que está inadimplente. E conforme determina a legislação do setor elétrico, todos os clientes são comunicados previamente sobre a suspensão do fornecimento em função do não pagamento das faturas. 

O aviso ocorre por meio da fatura de energia subsequente, de documento específico de reaviso do vencimento, por mensagens SMS, por e-mail, caso o cadastro esteja atualizado no sistema, e também por meio de agentes de campo que realizam a negociação de débitos. 

A respeito do ocorrido em Tucumã, a empresa destaca que enquanto concessionária de serviço público federal de energia elétrica, está submetida à legislação do setor e às normas definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Este é o órgão responsável por regular e fiscalizar a produção, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica, em conformidade com as políticas e diretrizes do Governo Federal, sendo que, suas normas respaldam nacionalmente o procedimento de suspensão do fornecimento de energia em todos os dias úteis, em horário comercial.

No caso de dúvidas sobre negociações de débitos em aberto, o cliente deve procurar uma das agências de atendimento presencial da Celpa, que será disponibilizada uma alternativa adequada para a situação. 

Publicidade