Três homens foram presos nesta sexta-feira, 28, suspeitos de estarem envolvidos em assalto ocorrido em Canaã dos Carajás. Dois deles são policiais militares, lotados em Belém, que teriam sido contratados por Jardel Luis Ferreira da Silva, que também está preso.

A vítima do assalto, ocorrido na manhã desta sexta (28), foi o engenheiro civil Alan Santa Rosa de 31 anos que teve o carro roubado. A polícia militar de Parauapebas foi acionada e conseguiu prender os três suspeitos na PA-160. Eles foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil em Canaã.

>

Em depoimento, Jardel Silva alegou que vendeu o veículo para o engenheiro civil, mas não estaria recebendo o pagamento das parcelas há quatro meses e por isso resolveu, por conta própria, recuperar o carro.

O engenheiro Alan Rosa confirmou o atraso das parcelas, mas disse que já estaria negociando com o proprietário a regularização dos pagamentos.

O delegado Fernando Oliveira informou que os suspeitos vão responder pelos crimes de exercício arbitrário das próprias razões (que é fazer justiça pelas próprias mãos), disparo de arma de fogo e associação criminosa. Se condenados, os envolvidos podem pegar até oito anos e sete meses de prisão.

(Fonte: Blog do Zé Dudu)

Publicidade