Por volta das 19h30 desta quarta-feira (20), a guarnição da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motos (ROCAM) apresentou na 20ª Seccional Urbana de Parauapebas, ao delegado plantonista José Aquino, cinco pessoas. Duas mulheres e três homens são acusados de envolvimento no tráfico de entorpecente. Entre as mulheres, uma adolescente de 13 anos de idade também foi presa.

Segundo os policiais, a prisão dos acusados aconteceu após averiguação de uma denúncia – recebida via Centro de Controle Operacional (CCO) – de que na rua Q-1 quadra 28, havia um indivíduo vendendo drogas.

Ao chegar no local, a guarnição se deparou com os cinco acusados. Mediante a denúncia, a guarnição realizou buscas no logradouro onde foram encontradas oito gramas de crack. Os PMs explicaram que o traficante já havia vendido a maior parte do entorpecente. 
Além da droga, a Polícia apresentou uma balança de precisão, R$ 289 em dinheiro e um revólver calibre 38 com 4 munições intactas.

Na ocorrência, ainda segundo os PMs, os acusados se deparam com uma situação de pedofilia na qual um dos residentes do imóvel mantinha relacionamento conjugal com a jovem de 13 anos de idade. Diante do flagrante, todos que estavam na casa foram conduzidos para 20ª Seccional.

Os apresentados foram Jordison Lucas Rocha da Silva Lima, que assumiu ser o dono da droga e da arma, Welington Dyego Portela Santis e Danilo de Paulo da Silva, Elissandra Teixeira e a adolescente de 13 anos de idade. Os quatro últimos foram ouvidos em depoimento e liberados depois. Jordison Lucas ficou recolhido e foi enquadrado por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes.

(Caetano Silva)

Publicidade