Um dos principais doadores de campanha do Prefeito Darcí Lermem , segundo advogados do PRTB confessou que ” recebeu mais de 550 mil reais de um agente público, para doar para a campanha de Darcí Lermem” doou 500 mil e o restantes foi dividido entre ele, o agente público e tarifas bancárias.

O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro ingressou neste dia 26 com ação em desfavor da Chapa do atual prefeito de Parauapebas Darcí Lermem, a representação trata de abuso de poder econômico.
Segundo PRTB durante a campanha eleitoral houve diversos indícios de gastos excessivos e abuso de poder econômico pela chapa de Darcí Lermem.
Advogados do PRTB relatam uma movimentação estranha para a campanha eleitoral, de um valor de R$1.756.716,33 apenas R$ 122,000,00 foram arrecadados antes da eleição, o que causa estranheza, uma vez q esse valor representa apenas 6,94% do valor total.

Continua depois da publicidade


O restante do valor mais de um milhão e meio foi arrecadado próximo ao fim do prazo da prestação de contas.
Na representação contra a Chapa o PRTB colocou partes da declaração de um dia maiores doadores da campanha, que sozinho doou 500 mil, o Sr Marcelo Beliche. ” Após conversar com o Sr João Álvaro Dias e eu ter aceitado fazer a transação bancária, ele trouxe dia 07/12/2020 a quantia de pouco mais 198 mil e dia 08/12/2020 trouxe pouco mais de 356 mil”.

momento do deposito, segundo advogados do PRTB


Para justificar tal doação foi feito uma declaração retificadora de imposto de renda poucos dias antes dos dois depósitos, informando um rendimento de 5 milhões, referente a venda de gado. Logo após os depósitos que totalizaram mais de 500 mil . Dia 09 foi feito uma transferência dia 09/12/2020 para a conta de campanha do candidato Darcí Lermem.

Publicidade