Uma tragédia familiar sacudiu a cidade de Parauapebas no final da manhã deste último domingo (31). O agente do Detran Pará, por nome de Diógenes Samaritano,  bastante conhecido no município, é suspeito de matar a ex-esposa e fugir com o filho, Diogenes tambem ja foi funcionário do DMTU na cidade de Marabá e é formado em Matematica pela Universidade Federal do Pará.

Foto: Facebook do acusado

Segundo relatos de familiares, a vítima Dayse Lemos já havia denunciado o acusado várias vezes por violência doméstica.

Foto: Redes Sociais

Nas redes sociais a família da vítima não teve dúvidas e acusou o agente do Detran, Diógenes, de ser o autor da morte da ex-esposa, jogando-a do edifício, onde moravam, em vez de ela ter cometido suicídio, como ele havia informado para a polícia em um telefonema logo após a morte da mulher.

Por volta das 15h o acusado compareceu a delegacia de Parauapebas acompanhado de seu advogado. Diógenes já se encontra detido, sendo acusado pelo crime contra sua esposa. De acordo com um dos advogados do mesmo, ele não fugiu, apenas buscou se informar como proceder no caso e logo após algum tempo se entregou para polícia.

De acordo com detalhes repassados pela polícia, tudo indica que o acusado possa ter jogado a ex-esposa da janela, mas só a perícia realizada pelos peritos que vieram de Marabá vão apontar o que realmente ocorreu no local.

Fonte: Parauapebas Muita Treta

Publicidade