Dois travestis foram presos e apresentados na delegacia durante a madrugada deste domingo 22, acusados de tentativa de homicídio contra um homem que teria se negado a pagar os trabalhos sexuais prestados por eles.

De acordo com informações, a guarnição da área da Polícia Militar realizava rondas ostensivas pelo bairro da Paz, quando foi acionado por um mototaxista informando que próximo ao Terminal Rodoviário, no bairro Beira Rio, havia três travestis agredindo fisicamente um homem usando como arma um capacete.

Mediante as informações a GU foi até ao local mencionado, se deparando com dois dos suspeitos a caminho da ocorrência. De acordo com a testemunha os mesmos estariam envolvidos na tentativa de homicídio.

No local a guarnição já encontrou a vítima sendo socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros. O homem identificado por Jhon Willis Penha Teles sofreu varias lesões na face. Indagado pelos PMs o por que da agressão contro o homem os acusados identificados por João Vitor Magalhães dos Santos e Diemerson Douglas da Silva, contou que a vítima teria contratado um programa e na hora não quis pagar pelo serviço.

Mediante o flagrante, ambos foram conduzidos para 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas e apresentados por tentativa de homicídio.

(Neide Folha)

Publicidade