Através de denuncia anônima realizada pela população, a Polícia Militar chegou até ao nacional Cleudiene Soares, de 50 anos de idade, residente no bairro Vila Rica, Parauapebas, onde também funcionava um bar de propriedade do acusado. O mesmo foi preso por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecente. Com ele a guarnição da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motos (Rocam), apreendeu no estabelecimento comercial drogas, 20 munições de grosso calibre e uma garruncha de fabricação caseira.

O mesmo assumiu ser o dona da arma e munições, e negou ser dono da droga .
De acordo com a polícia em um dos bolsos do acusado foram encontrados 11 papelotes da erva cannabis sativa a mardita “maconha” e no interior do bar os PMs encontraram mais uma pequena barra da mesma erva que estaria escondida no armário dentro de uma panela.

No entanto o mesmo não explicou como a droga foi parar em seu bolso e nem tão pouco em sua panela. Ele foi apresentado na delegacia para os procedimentos cabíveis e deverá responder por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

(Neide Folha)

Publicidade