Era por volta de 20h30 de quarta-feira (16) quando a guarnição do moto patrulhamento da Polícia Militar recebeu informações de uma vítima de furto em Parauapebas. Segundo ela, o seu bem que havia sido roubado estava sendo anunciado na Olx e que havia marcado com o suposto vendedor um local para “comprar de volta” o objeto.

Diante das informações, a PM foi até ao local informado. Ao perceber a presença dos militares, os suspeitos disparam contra a guarnição, que respondeu a altura a agressão da dupla.

Continua depois da publicidade

Durante a troca de tiros, Antônio Brandão da Cruz, 22 anos de idade, foi atingido. Ele foi socorrido pelos militares e encaminhado para o hospital de Parauapebas, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Durante a ocorrência, o comparsa de Antônio tentou fugir e chegou a resistir à prisão entrando em luta com os militares. Matheus da Cruz Silva, 21, foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Com a dupla, a Polícia Militar apreendeu uma pistola Taurus .40, com um carregador e duas munições intactas, uma Garruncha de fabricação caseira; além de outros materiais que haviam sidos furtados de outras vítimas, inclusive de uma igreja evangélica.

O caso ocorreu no complexo VS10, bairro Parques das Nações-II. Há cerca de 20 dias Matheus esteve preso acusado de estar cometendo assalto nas ruas da cidade. No dia, ele estava de sua companheira que na perseguição policia foi baleada nas nádegas; ele, por sua vez, foi parar no hospital ao cair da moto que usavam para cometer o crime.

Publicidade