Está preso em uma das celas da Delegacia da Polícia de Ourilândia do Norte, no sudeste do ParáAntônio Ribeiro de Souza, de 55 anos. Ele é acusado pela companheira dele, Bruna de Carvalho Cruz, de 26 anos, de ser violento e mantê-la em cárcere privado, sob ameaças constantes de morte.

Antônio foi preso por uma guarnição da Polícia Militar, quando trafegava, na tarde de ontem (19), em uma motocicleta no centro da cidade de Ourilândia do Norte. Em denúncia feita à polícia, Bruna e outras testemunhas contaram que o acusado é bastante violento.

Segundo a mulher, ele a mantinha em cárcere privado e com constantes ameaças de morte, inclusive fazia poucos dias que ele tinha encostado uma faca no pescoço dela, dizendo que ia matá-la. Duas facas, com as quais ele viria ameaçando a vítima, foram apreendidas.     

Após ser apresentado na delegacia, os policiais puxaram os dados de Antônio e descobriram que ele já esteve preso acusado de tráfico de drogas. Ele foi autuado na Lei Maria da Penha e está à disposição da Justiça.

(Informações: Blog do Zé Dudu)

Publicidade