Na manhã de hoje (23), a Polícia Civil deflagrou a Operação Ponto e Cruz com o objetivo de dar cumprimento a diligências cautelares de busca e apreensão e prisão deferidas pelo poder judiciário do município de Curionópolis.

As medidas têm como fundamento as investigações que apuram assalto realizado no dia 13 de fevereiro de 2020 no município de Curionópolis contra uma fabricante de cigarros.

No dia do crime, um veículo da indústria de tabaco seguia no sentido do município de Curionópolis quando foi interceptado por um Chevrolet Prisma do qual saiu um homem armado e anunciou o assalto. Junto com outro comparsa, o bandido terminou por levar diversos pacotes de cigarros.

Durante as buscas foram apreendidos vários maços de cigarros, aparelhos eletrônicos, documentos, R$ 1355 em espécie, o carro utilizado no assalto e outros objetos destinados ao inquérito policial.

João Batista de Almeida dos Santos, um dos suspeitos da ação criminosa, não foi encontrado, e é considerado foragido.