Prefeitura divulgou novo boletim epidemiológico nesta quinta-feira (14). Por meio deste, uma lamentável constatação: 296 casos confirmados da doença em Canaã dos Carajás

Você lembra onde estava há exatos 30 dias? Apesar de já vivermos o período de pandemia e o isolamento social já ter sido recomendado pelo governo municipal, Canaã confirmava o primeiro caso de Covid-19 – que já foi também o primeiro óbito do município. Até então, muita gente vivia como se o vírus não existisse. As festas sociais continuavam e a vida seguia normalmente. No entanto, 30 dias depois, a situação é bem diferente.

Canaã dos Carajás tem agora 296 casos confirmados do novo coronavírus. Pessoas comuns que adquiram o vírus, provavelmente, por transmissão comunitária – aquela em que já não é possível saber quem infectou quem. Quase 300 pessoas contraíram a doença e quantas mais não entraram em contato com essas 300? O poder destrutivo do vírus é, praticamente, incalculável e só nos resta cumprir as medidas determinadas pelo governo para evitar o pior: o caos na saúde pública.

Isso porque a Unidade de Referência do Novo Brasil já tem mais de 20 pessoas internadas e uma ampliação já está sendo feita para o atendimento aos doentes, que se multiplicam todos os dias.

Nesta quinta, o governo decretou o fechamento de todo o comércio não essencial. A medida não agradou ao empresariado local, que se manifestou contra a decisão. Vestígios de uma crise que ainda parece longe de ter fim.

Publicidade