Quarta, 17 de Julho de 2024
(94) 98445-8761
Economia Preço do Arroz

Lula comenta anulação de leilão de arroz e anuncia novas medidas para reduzir preço do grão

Lula comenta anulação de leilão de arroz e anuncia novas medidas para reduzir preço do grão

22/06/2024 12h01
Por: FALA SERIO CANAA
Lula comenta anulação de leilão de arroz e anuncia novas medidas para reduzir preço do grão

 

Continua após a publicidade
Anúncio

Durante uma entrevista à rádio Jornal Meio Norte, nesta sexta-feira (21), no Piauí, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) abordou a recente anulação do leilão de arroz promovido pelo governo federal. Segundo Lula, houve "uma falcatrua na empresa" responsável pela maior arrematação no certame.

Continua após a publicidade
Anúncio

A decisão do Executivo de importar arroz veio após a crise provocada pelas fortes chuvas e enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul, principal estado produtor do alimento no país, em maio. Lula destacou a necessidade de intervenção governamental para garantir preços acessíveis à população. "Um cara me mostrou um pacote de arroz de 5kg a R$ 36. Aí um outro me mostrou um pacote de arroz a R$ 33. Eu falei que não é possível. O povo não pode pagar R$ 36 num pacote de 5 kg. Esse arroz está caro. Aí tomei a decisão de importar um milhão de toneladas", explicou o presidente.

Após a anulação do leilão, que havia vendido 263,37 mil toneladas de arroz importado, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) anunciaram no último dia 11 que a medida também inclui o cancelamento de um novo leilão para as 36 mil toneladas restantes que não foram adquiridas no primeiro certame. A suspeita de fraude envolveu a maior arrematante individual, a empresa Wisley A. de Souza, cuja sede é uma pequena loja de queijos em Macapá. A empresa teve seu capital social aumentado de R$ 80 mil para R$ 5 milhões uma semana antes do leilão.

Na entrevista, Lula reforçou a determinação do governo em garantir preços mais baixos para o arroz. "O arroz tem que chegar na mesa do povo a no mínimo R$ 20 um pacote de 5 kg. Não dá para ser um preço exorbitante", afirmou.

Além disso, o presidente anunciou novas estratégias para diversificar a produção de arroz no Brasil e evitar a dependência de uma única região. "Vamos, inclusive, financiar áreas de outros estados produtivos de arroz para não ficar dependendo apenas de uma região. Vamos dar garantia de preço para que as pessoas não tenham prejuízo", concluiu Lula.

Com essas medidas, o governo busca assegurar a estabilidade no preço do arroz, um alimento essencial na mesa dos brasileiros, e prevenir futuras crises de abastecimento.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Canaã dos Carajás, PA
Atualizado às 12h55
30°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 34°

30° Sensação
4.63 km/h Vento
44% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (18/07)

Mín. 18° Máx. 35°

Parcialmente nublado
Amanhã (19/07)

Mín. 24° Máx. 36°

Parcialmente nublado
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias