A Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa) aponta franca recuperação da economia paraense. A prova deste crescimento está nos números levantados pela autarquia que registrou, no período de 1º de janeiro a 30 de novembro de 2019, 58,181 mil novas empresas abertas no Pará. Um crescimento de 29,36 % em comparação a mesma data em 2018, que contou com 44,976 empresas abertas. O balanço aponta que a maioria das novas constituições, mais precisamente 46.380 registros, são de Microempreendedor individual (MEI), regularizados em 2019, contra 33,837 em 2018.

Segundo os dados os cinco setores de maior evidencia é o varejista de artigos do vestuário e acessórios, que no período de janeiro a novembro deste ano, contabilizou 8. 390 novas empresas, em segundo lugar estão cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal, com 6.615 e em terceiro lugar bebida com 5.006, seguido de artigos para armarinhos com 4.583 e mercadorias em geral com predominância de produtos alimentícios de 4,221 novas empresas no Pará. Em 2018, esses números respectivamente, ficaram em 6,918, 3,644, 4,417, 4,084 e 3,532.

>

Para a presidente da Junta Comercial, Cilene Sabino, a desburocratização do processo mercantil reflete positivamente no número crescente de abertura de novas empresas no Estado. ” A Junta tem avançado no processo de modernização dos seus serviços o que está dando mais agilidade e segurança ao registro mercantil, reduzindo o número de empresas que trabalham na informalidade.”

Esses dados refletem a atuação do Governo do Estado do Pará no sentido de melhorar o ambiente de negócios na região, facilitando a abertura e legalização de empresas. A desburocratização dos processos, com a expansão da Redesim, sistema informatizado único que integra todos os atores envolvidos no registro, e a possibilidade do processo ser feito de forma 100% digital, permitindo que o empreendedor registre sua empresa sem sair de casa, diminuindo custos, ganhando em tempo e comodidade, são exemplos de como a Jucepa junto ao Governo tem investido no fortalecimento do empreendedorismo paraense. 

(Informações: Agência Pará)

Publicidade