Antônio Gonçalves da Silva foi preso neste domingo (8), Dia Internacional da Mulher, por tentar matar uma adolescente de 13 anos de idade em Parauapebas. A jovem foi atacada e esfaqueada por ele quando caminhava pela Avenida 1, próximo à Igreja Católica no Bairro dos Minérios. O caso aconteceu por volta das 19h30.

De acordo com informações, a vítima, que mora no bairro Cidade Jardim, teria ido ao Bairro dos Minérios deixar uma amiga. Quando retornava para casa, teria sido abordada pelo acusado que acompanhou a jovem e passou uma rasteira nela. A jovem caiu no chão, batendo a cabeça no meio fio e Antônio começou a golpeá-la pelas costas. Felizmente, um comerciante flagrou a ação e correu para socorrer a garota. O criminoso fugiu, mas foi pego alguns minutos depois pela Polícia Militar. Ao todo, a vítima levou seis facadas nas costas e barriga.

A testemunha conta ainda que ligou várias vezes para o SAMU, mas não obteve êxito, porém tomou uma decisão em vir até a delegacia pedir socorro. Acionado por populares, o Centro de Controle Operacional CCO da PM informou o caso para a viatura da área que, com apoio de outras viaturas, prenderam o acusado.

O pai da adolescente esteve na delegacia e registrou ocorrência. Em off, ele explicou que sua filha estava fora de risco e que ela afirmou não conhecer o homem que a atacou.

A reportagem também tentou conversar com o acusado. No entanto, aparentemente embriagado, repetiu várias vezes que era ‘um general’ e ‘Deus’. O depoimento do acusado só foi colhido após o efeito do álcool ter passado.

(Neide Folha)