A 10ª Superintendência Regional do Sudeste do Pará, por intermédio da 20ª Seccional Urbana de Polícia Cívil de Parauapebas e Delegacia Especializada ao Atendimento a Mulher (DEAM), cumpriram mandato de prisão preventiva, na última terça-feira (30), em desfavor de Edino da Conceição Barbosa Malheiro.


O homem é acusado de estuprar a sua enteada de apenas 10 anos de idade.

Mas esse não é o único caso de estupro em Parauapebas nos últimos dias.

Um dia antes, em 29 de julho, Aldenor Ramos do Nascimento, 54 anos de idade, também foi preso. Segundo informações, o homem estuprou a própria filha, que tinha, à época, apenas 13 anos de idade. O caso teria acontecido 13 anos atrás.

Para estuprar a filha, Aldenor teria oferecido a quantia de 20 reais para ela.