O DHPP Departamento de Homicídio da Polícia Civil de Parauapebas tem mais um crime de homicídio para elucidar. Desta vez, a vítima é um jovem de 28 anos de idade que estava desaparecido e foi encontrado morto e enterrado nos fundos de uma chácara no bairro Amazonas. De acordo com Maria Rita Pereira dos Santos, mãe da vítima, seu filho Ray Pereira Santos estava desaparecido desde o dia 05 de maio, quando teria saído de casa, última vez que o viu.

Ainda de acordo com a mãe de Ray, quando desapareceu, o jovem estava com um amigo no bairro Betânia, quando teria chegado ao local alguns desconhecidos em um veículo. Os ocupantes do carro chamaram Ray, que entrou e disse ao amigo que lhe aguardasse, pois não iria demorar. Desde então, Ray Pereira estava sumido.

“A última vez que vi meu filho foi na terça-feira por volta das 13h”, contou ela acrescentando que havia cerca de um mês que seu filho havia saído de um centro de recuperação, uma vez que ele era dependente químico. O jovem também era trabalhador, porém, ao sair do centro, teria voltado a usar droga. “Como mãe sempre lhe dei conselhos para que não andasse com má companhia. Depois que chamei ele atenção, nunca mais ele trouxe ninguém em minha casa.”

Perguntada pela reportagem se a vítima vinha sendo ameaçada, ela respondeu que não. Ela também afirmou que não sabia se Ray era integrante de alguma facção criminosa. O caso será investigado pelo departamento de Homicídios da Polícia Civil, que não descarta a hipótese de crime motivado por acerto de contas entre facções.

(Neide Folha)

Publicidade