Hospital 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás (PA), gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, realizou uma palestra para a comunidade do município sobre como aproveitar de forma integral todas as partes dos alimentos e reduzir os desperdícios, no dia 21/2.

A nutricionista do HCO, Helen Oliveira, relatou que o objetivo da iniciativa foi demostrar para a população como é fácil ter mais qualidade de vida por meio de uma alimentação saudável, usando partes dos alimentos que geralmente são descartados. “Conseguimos reduzir o lixo orgânico de maneira prática e saudável, pois nas cascas, talos e sementes temos alto teor nutritivo para a nossa alimentação”, explicou.

Na ocasião, dicas foram apresentadas pela profissional aos participantes sobre os alimentos que auxiliam na perda de peso e que diminuem o colesterol e os triglicerídeos, além dos nutrientes que são encontrados nas partes dos alimentos. Enfatizou também a importância de consumir as cascas de uma forma saudável e ensinou receitas práticas e de alto valor nutritivo, como doces, bolos e chás feitos de cascas, talos que podem ser reaproveitados e refogados no feijão e na sopa, folhas de couve-flor que podem virar um creme, e as sementes, que após secas naturalmente, podem ser usada para fazer farinha entre outras receitas que a nutricionista apresentou.

“A boa alimentação é o remédio para quase todas as doenças”, declarou a estudante do curso técnico de nutrição Juliana Reis, que participou do evento no auditório da Agencia Canaã. Ela ressaltou sobre a importância de colocar em prática as dicas recebidas para que a população tenha uma qualidade de vida melhor. “Se nós, nos alimentarmos melhor, adoeceremos menos, consequentemente precisaremos ir menos aos hospitais e postos de saúde, pois estaremos com a nossa saúde em dia”, disse.

A dona de casa Karla Costa, contou que saiu da palestra com vontade de mudar antigos hábitos. “Eu vi que estou jogando muitas coisas fora e partir de agora vou tentar melhorar, devido a questão de saúde mesmo e a redução do desperdício. Tenho dois filhos e isso vai ajudar bastante eles na conscientização”, declarou.

Durante a programação organizada pelas Comissões de Sustentabilidade e Humanização do HCO, as participantes receberam um certificado, puderam aferir a pressão arterial e foram convidadas a degustar alguns tipos de bolos, como o de beterraba, da casca de banana e de casca de laranja, doces da casca de melancia e da casca de maracujá entre outros.

Sobre o Hospital

O Hospital 5 de Outubro foi fundado pela empresa Vale e projetado para apoiar as operações da Mina Sossego e a implantação do projeto S11D.

A unidade hospitalar possuí estrutura de pequeno porte, com capacidade para atender casos de até média complexidade e congrega ambulatório para consultas eletivas, Pronto Atendimento 24 horas, instalações de internação com enfermarias e apartamentos individuais e suporte diagnóstico em: laboratório de patologia clínica, Ultrassonografia, Mamografia, Radiologia, Eletrocardiograma, entre outros, e atendimento clínico nas especialidades de Clínica Médica, Cardiologia, Oftalmologia, Pediatria, Cirurgia Geral,  Fonoaudiologia, Ginecologia/ Obstetrícia, Ortopedia, Psicologia e Nutrição.

O Hospital 5 de Outubro possui 23 leitos, sendo sete apartamentos individuais e 16 leitos de enfermaria coletiva. A unidade possui, também, um centro cirúrgico com duas salas de cirurgias e quatro leitos de recuperação pós-anestésicos.

Publicidade