Um homem identificado como Rafael Gideone do Nascimento, 32 anos de idade, foi executado com quatro disparos de pistola 380 na cabeça, peito e nádegas, efetuado por indivíduos não identificados pela polícia. De acordo com informações, era por volta das 03h40 da manhã de domingo (2) quando investigadores do plantão da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas receberam uma ligação informando que um homem havia sido morto naquele local. Em ato contínuo, os policiais, juntamente com a equipe de técnicos de remoção do Instituto Médico Legal (IML), se dirigiram até o local.

Nos levantamentos no local do crime os investigadores Abraão e Renan encontraram, próximo ao corpo, quatro cápsulas de munição 380 e na vítima, que parecia estar sentada quando foi executada, havia uma faca peixeira na cintura e um alicate no bolso, além de uma grande cesta básica e um litro de pinga 51, que estavam ao lado do corpo.

>

Em seguida, o cadáver foi removido pela equipe de técnicos do (IML) e encaminhado para exame de necrópsia no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Embora o crime tenha ocorrido no meio das residências no início da rua Amazonas, bairro Primavera, nenhum dos moradores saiu de suas casas como de costume para ver e nem falar sobre o fato.

(Neide Folha)

Publicidade