Durante solenidade de abertura da Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 (Exposibram 2020), nesta terça-feira (24), o governador Helder Barbalho defendeu a importância do desenvolvimento sustentável na exploração de minério no Pará.  O Governador informou, ainda, que o Estado está investindo em pesquisa, tecnologia e educação profissional para dinamizar o setor.  A atualização da política Estadual da mineração e valorização dos trabalhadores do setor também está na agenda do Poder Executivo Estadual.

“Podemos atrair novos investimentos, porém, um dos principais desafios é ampliar o conhecimento geológico básico, ou seja, produzir conhecimento para conseguirmos informações detalhadas sobre nosso real potencial. Esse desafio abre uma janela de oportunidades para outro desafio: fazer as riquezas produzidas em nosso Estado chegar aos paraenses. E, neste sentido, o melhor benefício que podemos ofertar é a educação. Investir em educação profissional e tecnologia para avançarmos em gargalos do setor é uma ação estratégica de Governo”, afirmou Helder Barbalho.

Continua depois da publicidade

O governador detalhou também que, para fomentar a ampliação do conhecimento geológico e tecnológico, o Estado sancionou a lei complementar 133/2020, que destina 20% da cota parte do Estado referente a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), para que a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) invista em projetos de inovação, desenvolvimento científico e novas tecnologias.

“Queremos somar fatores. Vamos juntar diversificação econômica, desenvolvimento mineral sustentável e capacitação técnica. Assim, teremos um melhor aproveitamento dos nossos recursos naturais e impulsionaremos o desenvolvimento em nosso Estado. Sabemos que temos muitos desafios no Pará. Por isso, precisamos avançar na regularização e exploração sustentável que garantam os direitos dos trabalhadores, o fortalecimento do setor e o desenvolvimento do Estado”, avaliou o chefe do executivo estadual.

“Neste sentido, estamos atuando na reforma da Política Estadual da Mineração, na reativação do Conselho Consultivo de Mineração e discutindo uma estratégia que chamamos de Ordenamento estratégico da pequena mineração. A mineração pode ser grande aliada da conversação ambiental”, complementou o governador.

O presidente do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará (Simineral), José Fernando Gomes Junior, ressaltou que no Estado o ambiente de negócios é estável e atrativo. “O setor mineral paraense está unido e forte. Graças ao ambiente de negócios criado no Estado, o setor está investindo forte e abrindo novas frentes porque acredita fielmente no ambiente seguro criado pelo Governo junto às empresas”, frisou.

Além do governador, também participaram da solenidade de abertura o diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Flávio Ottoni Penido, representantes do Ministério de Minas e Energia, além dos deputados Federais Evair de Melo, Arlindo Chinaglia Junior, Joaquim Passarinho e representantes das embaixadas de Bolívia e Suécia. 

Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 (Exposibram 2020)
 
Por conta da pandemia do novo corona vírus (Covid-19), pela primeira vez a Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 (Exposibram 2020) será realizada em modelo 100% online. Realizado em Belém, o evento vai até a próxima quinta-feira (26).

A Exposibram pretende atrair diversos especialistas, pesquisadores, estudantes e representantes de empresas para debater a evolução tecnológica e as práticas corporativas responsáveis do setor mineral, além da preservação do meio ambiente, a saúde e a segurança de seus trabalhadores e a responsabilidade social junto às comunidades com que se relaciona.
 
As inscrições para visitar a feira internacional de negócios, os estandes dos expositores e participar do Congresso Brasileiro de Mineração são gratuitas. Os interessados em participar devem acessar o link de cadastro do evento

Publicidade