O ano nem bem começou e Parauapebas registra números assustadores em relação à violência. No último final de semana, pelo menos quatro assassinatos foram registrados na capital do Minério, o que deixou a população aterrorizada.

Além dos assassinatos, um cadáver foi encontrado enterrado em uma cova rasa na área das Palafitas, somando, então, cinco mortes.

No domingo (5), Tayrom Lima de Oliveira, de 19 anos de idade, foi morto na calçada do condomínio onde morava, localizado na Rua 12, bairro Alto Boa Vista. Segundo o que já foi levantado até agora sobre o crime, a vítima seria ligada a uma facção criminosa que atua na cidade.

De acordo com os vizinhos, era por volta das 07h30 quando teriam acordado com uma pessoa chamando por Tayrom e batendo na porta da casa dele. Ao abrir a porta, ele foi alvejado a tiros.
Ele ainda tentou correr, mas caiu logo à frente na calçada e foi liquidado com mais tiros. Nos levantamentos preliminares realizados pela polícia e pela perícia criminal, ao menos seis perfurações de bala foram encontrados no peito e costas dele.

No sábado (4), dois jovens foram friamente executados. O crime ocorreu no bairro Nova Vida II; Tarcísio Antônio Barros Queiroz, 19 anos de idade, e um amigo de nome ainda não divulgado foram surpreendidos por dois indivíduos que estavam em um veículo de modelo Celta na cor prata.

Ainda no sábado, Pedro da Costa, 65 anos de idade, natural de Vitorino Freires (MA), foi assassinado por volta das 14h30 em uma tentativa de assalto. O idoso foi surpreendido por dois indivíduos no bairro Nova Carajás e morreu ainda no local.

 

(Com informações do Correio de Carajás)