O caso aconteceu nessa segunda (14), a Polícia Militar de São João do Araguaia, cidade localizada no sudeste do Pará, foi acionada por volta de 18h30, após o indivíduo identificado como Edimar Moura Figueiredo da Silva, ter levado um tiro de espingarda, calibre 32, no lado esquerdo do tórax.

O disparo foi feito por um rapaz, enteado de Edimar, conhecido por “Alexsandro”. Após o disparo, o acusado fugiu tomando rumo ignorado.

>

De acordo com o tio de Alexsandro, Osvaldo Araujo, a vítima morava com a mãe do atirador, há 8 anos e a espancava diariamente. No dia anterior (13), Edimar com uma faca desafiou o acusado. Os ânimos se acalmaram, mas ontem (14), a confusão continuou, pois Edimar estaria espancando novamente a mãe do rapaz.

Segundo o relator, neste momento, o filho disparou um tiro de espingarda, calibre 32, no lado esquerdo do tórax do agressor. Edimar Silva ainda foi socorrido e encaminhada ao Hospital Municipal de São João do Araguaia, porém ao dar entrada, minutos depois evoluiu a Óbito. 

A Polícia Civil vai investigar o caso.

(Com informações do Debate Carajás)

Publicidade