A Polícia Civil de Parauapebas recuperou, na tarde desta segunda-feira (10), cerca de 800 botijões de gás. O lote havia sido roubado por três indivíduos armados, que interceptaram o motorista na rodovia BR-150, às proximidades do povoado Gogó da Onça, município de Xinguara.

De acordo com informações, o motorista da empresa de venda e distribuição de gás, com sede no município de Tucumā, trafegava pela rodovia dirigindo o caminhão com o gás quando, por volta das 15h do dia 1 de fevereiro, foi interceptado pelos assaltantes que, após amarrarem o motorista no mato, dirigiram o caminhão com a carga até o município de Parauapebas.

Após descarregar, os criminosos retornaram para a rodovia e abandonaram o caminhão vazio. Na ação criminosa, foram subtraídas 1.112 unidades de gás. Conforme registro de ocorrência realizado pela vítima e informações do tacógrafo do caminhão, que indicou todo o trajeto do pesado veículo, a Polícia Civil realizou diligencias constatando que a descarga do material tinha sido realizada em Parauapebas ontem (10).

Com apoio de policiais civis da 20ª Seccional Urbana, foram realizadas diligências até o bairro Residencial lpê, precisamente em um deposito de gás, onde foi realizado campana nas imediações. Após constatar que grande quantidade de vasilhames de gás estava na
área do deposito, encobertos com lona azul, em ato continuo, os policiais civis realizaram incursão no interior do depósito a qual estava com o portão aberto (sem cadeado).

Não constatando a presença de nenhuma pessoa no local, ao averiguar os vasilhames e os lacres, foi constatado as informações quanto a origem do produto, tipo data de envasamento compatíveis com a nota fiscal de compra do produto subtraído.

Conforme os policiais civis, no levantamento preliminar acerca do estabelecimento local onde estava a carga apreendida, foi constatado o registro de um dos sócios-proprietários do local. Outras diligências foram iniciadas, mas não foi localizada ninguém que respondesse pelo local.