Ex-presidiário e foragido, Idalécio trocou tiros com a PM e foi morto

O ex-presidiário, foragido e de alta periculosidade, assaltante chefe de quadrilha, Idalecio Alves da Silva, 32 anos de idade, foi morto e um dos seus comparsas Fernando Carvalho dos Santos, de 27 anos, ficou ferido, em uma intervenção policial. O caso se deu por volta das 19h de terça-feira (12) no bairro Altamira, em Parauapebas.

De acordo com major PM Gledson Santos, desde segunda-feira (11) uma quadrilha estava no município para se agrupar e fazer assaltos em postos de gasolina da região, residências e em grande estabelecimentos comerciais. “Eles se deslocaram para cá tentando se reagrupar e cometeram vários crimes aqui no município, inclusive o alvo deles eram postos de combustível. Mediante monitoramento na segunda-feira, a polícia chegou em duas residências. Em uma delas, um dos integrante do bando foi morto em troca de tiros e em outra localizada no bairro da Paz. O restante da quadrilha conseguiu fugir.”

Na fuga, segundo a polícia, o chefe da quadrilha identificado como Idalecio baleou um policial no braço, conseguindo fugir mata adentro. Durante a noite, a Polícia Civil e a guarnição da 2° seção da Polícia Militar continuaram as buscas aos criminosos. Por volta das 19h, a policia foi informada do paradeiro da quadrilha dando conta que ela estaria em uma residência no bairro Altamira. “Fechamos o cerco contra eles e da mesma maneira eles não acataram a ordem de prisão e atentaram contra a guarnição que estava lá na ocorrência fazendo fogo na polícia. Então, na refrega Idalecio foi ferido mortalmente e seu comparsa identificado como Fernando foi ferido na perna.

Fernando também tem vários passagens pela policia e exibe fotos dele com arma mas redes sociais. “Sabemos que a quadrilha não terminou ainda. Há outro indivíduos, porém todos já estão identificados e a operação para prendemos continua” ressaltou o major.

Ainda de acordo com o policial, na hora da intervenção Idalecio empunhava uma pistola calibre 380 e Fernando usava um revólver 38, ambos bem municiados, além de vasta munição, que foram apresentados na delegacia.

No hospital, o baleado se identificou como sendo Victor Pietro dos Santos, porém minutos depois ele foi desmascarado pelo identificador criminal papiloscopista da delegacia, como sendo o foragido Fernando Carvalho dos Santos.

Idalecio e um terceiro indivíduo, identificado como Jeferson, após furar o cerco policial na segunda-feira, no bairro da Paz, assaltaram por volta das 20h30, o sogro de um Polícia Civil, residente no bairro Novo Brasil, de onde levaram R$ 4 mil em espécie e R$ 5 mil em roupas. Após o roubo, a dupla deixou o local na Saveiro da vítima.

A polícia continua no encalço de Jeferson, reconhecido pela vítima através de fotos como sendo o comparsa de Idalecio no assalto ao sogro do policial civil.

Até o fechamento desta matéria, o baleado se encontrava internado no Hospital Municipal de Parauapebas, sem risco de morte.

(Caetano Silva)

Publicidade