Um conhecido homicida da cidade de Parauapebas deve estar, neste exato momento, dando explicações ao capeta. Por volta das 17h deste sábado (1), Francinaldo Reis, de 24 anos, abriu fogo contra a Polícia Militar após uma abordagem de rotina.

A guarnição da PM patrulhava o bairro Tropical quando avistou cinco pessoas em atitude suspeita. Ao verem a aproximação dos policiais, os suspeitos empreenderam fuga.

Os policiais, então, perseguiram alguns dos fujões e conseguiram prender um deles identificado como Luis Felipe Ferreira Gomes.

A PM também perseguiu Francinaldo, famoso pelo apelido de Naldo. Enquanto fugia, o criminoso disparou várias vezes contra a guarnição. Sem desistir da captura, os policiais cercaram Naldo na Rua Jatobá. Mais uma vez, o bandido atirou e a PM revidou a agressão.

Naldo levou a pior no confronto. Felizmente, nenhum dos policiais ficou ferido. O criminoso, por sua vez, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Segundo informações, Naldo era membro de uma facção criminosa, já tem passagens pela polícia e era, inclusive, procurado pela participação em um homicídio motivado por uma disputa de facções. Neste crime, a vítima teve a cabeça degolada.

Publicidade