Na noite de quarta-feira (22), foi preso, em flagrante de delito, com cerca de 800 gramas de cocaína, o jovem Welington Santos da Silva, de 22 anos de idade. A prisão se deu
em uma operação realizada pela Polícia Cívil, determinada pelo diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, delegado Elcio de Deus, e o plantão comandado pelo delegado José Euclides Aquino, junto com os investigadores Abraão e Renan.

Por volta de 21h30, Welington Santos havia sido pego pela Polícia Militar no bairro da Paz, com uma pequena quantidade de maconha se dizendo ser apenas usuário. Entregue para a Polícia Cívil, o delegado José Aquino e seus investigadores resolveram ir mais a fundo na história.

“O apresentado vinha sendo monitorado e, após a apresentação dele pela PM na delegacia, minha equipe e eu realizamos uma minuciosa busca na residência do mesmo, no complexo VS-10. Lá encontramos a cocaína escondida em uma mochila de pano”, explicou o delegado.

Em entrevista, o acusado falou que tempos atrás tinha sido detido como usuário. Porém desta vez a sorte dele não foi a mesma, os policiais foram mais espertos e pegaram Welington por tráfico. Para se defender, ele disse ainda que começou a vender droga porque as coisas haviam piorado para ele. E, por ter que pagar pensão de uma filha dele, havia passado da condição de usuário para traficante. O mesmo afirmou que pagou R$ 5 mil por toda a droga. “Estou muito endividado e precisava pagar a pensão de minha filha, por isso comprei e comecei vender.”

Nas investigações realizadas pela equipe do delegado, foi descoberto que a droga vinha de Goiânia (GO) e que renderia para o traficante cerca de R$ 30 mil. O acusado segue preso, à disposição da justiça. Com ele também foi detida uma adolescente que seria esposa dele. A mesma que também é usuária de drogas foi ouvida pela polícia e, em seguida, liberada.

(Neide Folha )

Publicidade