Por volta das 19h30 deste sábado (14), o jovem Raylan Wesley Furtado Moraes, 19 anos de idade, foi assassinado com sete tiros de revólver. No corpo do rapaz os agentes de remoção do IML verificaram as sete perfurações. O crime aconteceu na casa da vítima, localizada na rua Aluísio Azevedo, bairro Caetanópolis, em Parauapebas.

Segundo informações colidas no local do crime, a vitima morava na casa e havia uma grande movimentação de festa, um dia sim outro não; no local se ouvia muitos palavrões. De acordo com uma tia de Raylan, antes de morar de aluguel no local, seu sobrinho residia com a avó, mas ele teria furtado um aparelho celular dela e por isso havia saído de casa.

>

O jovem tinha passagem pela policia por tráfico. A reportagem apurou que, minutos antes do crime, Raylan se encontrava em um quarto na companhia de um amigo de identidade desconhecida. Segundo o que foi dito, dois homens desconhecidos chegaram em uma moto e o chamaram pelo nome, momento em que ele respondeu e seu algoz efetuou vários disparos contra ele.

O jovem ainda chegou a correr mas veio a óbito nos fundos do quintal da casa. Já seu colega conseguiu fugir. Raylan não teve a mesma sorte e morreu no local.

(Da redação com informações de Neide Folha)

Publicidade