Um homem foi preso por volta das 21 horas de quinta-feira (10), após uma equipe da Guarda Municipal receber uma denúncia de que na frente da Caixa Economia Federal, no bairro Cidade Nova, Parauapebas, havia um homem guardando vagas na fila da caixa para vender no dia seguinte às pessoas que procuravam o banco para retirar o auxílio emergencial. Essas vagas, segundo informações, eram vendidas por valores que variavam entre R$ 50,00 e R$ 100,00. No local, a guarnição da Guarda Municipal identificou José Arleison Nunes Chaves, que durante a abordagem teria desacatado e ameaçado os Guardas Municipais.

“Perguntamos o que eles estaria fazendo ali no local e ele alegou que iria sacar o FGTS, porém não apresentou nenhum documento referente ao benefício. Ele chegou a ameaçar a equipe de morte”informou um dos guardas. Ainda segundo os agentes públicos, o homem tentou fugir do local, mas foi contido pelos guardas que em seguida o apresentaram na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Foi durante a apresentação a Polícia Civil que foi descoberto que contra o mesmo havia dois mandados de prisão em aberto expedido pela justiça de Amapá, um contra o crime de tráfico de drogas e outro por roubo.

(Neide Folha)

Publicidade