Três anos e dois meses depois da tragédia em Mariana, barragem na cidade de Brumadinho se rompe e lama causa destruição por onde passa

O filme é novo, mas parece já ter sido visto há algum tempo. Há pouquíssimo tempo, na verdade. No início da tarde desta sexta-feira (25), uma barragem com rejeitos de minério de ferro na cidade de Brumadinho-MG se rompeu e a lama está causando uma verdadeira devastação por onde passa.

>

A tragédia repete o ocorrido na cidade de Mariana, também em Minas Gerais, em novembro de 2015. Ocorrida há três anos e dois meses, o rompimento da barragem em Mariana destruiu casas, plantações e matou todas as formas de vida que existiam no Rio Doce.

Assim como Mariana, a barragem de Brumadinho pertence à mineradora Vale que, com o novo acidente, amarga um histórico recente de destruição ambiental.

Uma equipe de técnicos da Defesa Civil já se dirigiu ao local para averiguar as possíveis causas do acidente. Há pouco, a Vale divulgou uma nota sobre o ocorrido:

“As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Segundo a mineradora, a prioridade é “preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”.

A Prefeitura de Brumadinho emitiu nota e orientou moradores a ficarem longe do Rio Paraopeba, principal atingido pelo desastre.

Publicidade