Em entrevista concedida à imprensa de Parauapebas, Junior Garra afirmou que sua prisão foi injusta e que ele é um cidadão de bem. O parlamentar afirmou ainda que “jamais tinha entrado em uma delegacia, a não ser pra fazer o bem às pessoas

Junior Garra, vereador eleito de Canaã dos Carajás, preso preventivamente nesta quarta-feira (13), concedeu entrevista a um veículo de imprensa de Parauapebas. O parlamentar falou sobre o processo que responde na justiça , se declarou inocente, afirmou que é um cidadão de bem e que a sua prisão foi injusta.

Garra destacou que, ao longo de todo o processo que responde por suposta compra de votos nas eleições de 2016, compareceu a todas as audiências marcadas pela justiça e que tem colaborado com as investigações.

A defesa do vereador já havia afirmado que a decisão da Justiça Eleitoral era baseada em fofocas e que não se sustentava. Garra está em Parauapebas à disposição da justiça. Confira abaixo a entrevista do vereador.

Publicidade