Cerca de 80 pessoas fecharam os portões da prefeitura de Curionópolis na tarde desta quinta-feira (2). Empresários que tinham máquinas e caminhões alugados pela gestão do município protestavam por conta da falta de pagamento pelos serviços prestados. As dívidas foram feitas durante a desastrosa gestão de Adonei Aguiar, que está afastado há três meses por suspeita de corrupção.

De acordo com os empresários, o problema não é de agora. Desde que foi eleito, afirmam os credores, Adonei Aguiar jamais conseguiu cumprir os compromissos que firmava, tendo atrasado pagamentos por vários meses.

Nonato Maranhense, prefeito em exercício de Curionópolis, segue a linha de seu antecessor e também não consegue colocar em dias os pagamentos dos prestadores de serviço, o que motivou o manifesto dos empresários.

Segundo informações, uma reunião foi realizada ainda na tarde de quinta e a prefeitura afirmou que pagará os prestadores de serviço nesta sexta (3). É aguardar para ver se o compromisso será cumprido ou não.

Publicidade