Na tarde do dia 17 de fevereiro a polícia militar fazendo sua ronda de rotina cruzou o caminho de Pedrinho( como era conhecido) . Ao cruzar com a viatura Pedrinho saiu em atitude supeita.

A polícia verificou que a moto que o elemento estava não tinha placa. Em perseguição a polícia revidou a injusta agressão, pois na estrada do S11D Pedrinho atirou contra a polícia que reagiu , não deu outra o elemento levou a pior, morrendo ainda no local.

Pedrinho não tinha nenhuma identifição, com ele a polícia encontrou a arma de fabricação caseira calibre 22. A moto que o mesmo estava constatou-se que tinha sido furtada no município de São Félix do Xingu, a polícia já entrou em contato com o proprietário.

O corpo foi encaminhada para o IML em Parauapebas e aguarda reconhecimento

Publicidade