Alexsandro Polastrini levou quatro tiros na cabeça. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por um acerto de contas após uma discussão

Um homem de 27 anos identificado como Alexsandro Polastrini levou quatro tiros na cabeça e sobreviveu para contar a história. Pode até parecer absurdo, mas isso aconteceu em Canaã dos Carajás na noite deste domingo (2).

Segundo informações, Alexsandro estava em sua casa, no bairro Flor de Liz 2, quando dois homens em uma motocicleta chegaram ao local e atiraram pelo menos sete vezes contra a vítima. Sem ter como se defender, o homem implorou pela vida, mas não teve jeito e os disparos acabaram atingindo seu corpo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e entrou em ação rapidamente para socorrer a vítima. Levado para o hospital, a surpresa: as balas atingiram a cabeça do homem, mas não chegaram a perfurar o seu crânio. Ficaram presas no couro cabeludo.

Internado, Alexsandro informou à Polícia Civil a identidade de seu agressor, que não foi revelada à imprensa. O que se sabe é que o criminoso trabalha na Vale e está sendo investigado pela PC.

Nenhuma testemunha quis falar à imprensa sobre o crime. Nas redes sociais, vários vídeos do crime circularam. Veja abaixo o momento em que a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros:

Publicidade