Veículo transportava funcionários da Vale, foi parado por uma blitz do órgão fiscalizador e estava com a documentação irregular. Ônibus já está no pátio da Settran

“Pau que dá em Chico também dá em Francisco”. Nem a poderosa empresa Júlio Simões, prestadora de serviços para a mineradora Vale, resistiu à fiscalização da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte de Canaã dos Carajás (Settran).

Um ônibus que transportava funcionários da mineradora foi parado em uma blitz e, apesar do motorista estar com a sua licença em ordem, a documentação do veículo estava atrasada. Por conta disso, conforme determina o artigo 230, inciso 5º, do Código de Trânsito Brasileiro, o ônibus foi removido para o pátio da Settran.  

O veículo foi apreendido na manhã desta sexta-feira (22) em uma blitz de rotina do órgão de trânsito, na estrada que dá acesso ao Projeto Sossego. A Settran destaca que o procedimento feito com o carro da Júlio Simões é o mesmo adotado com qualquer veículo.

Os funcionários da Vale tiveram que ser transferidos para outro veículo.

Publicidade