O caso aconteceu por volta das 17:00 horas, de quarta-feira 17, na localidade denominada Barra do Cedro, zona rural de Parauapebas. Segundo informações a vitima Antinio Freitas Coelho de 51 anos de idade, tentava reestabelecer a energia que havia faltado em uma propriedade da família, quando foi atingido pela descarga elétrica.

Continua depois da publicidade

De acordo com a guarnição da Polícia Militar da área que recebeu o chamado, era por volta das 17h00, quando tomaram conhecimento por uma irmã da vítima, de prenome Bel Coelho, que seu irmão Antônio Freitas, havia sofrido uma descarga elétrica quando estava tentando solucionar um problema de falta de energia elétrica na chácara denominada “Rancho Santa Isabel” de propriedade de um dos membros da familia, momento em que teria sofrido o choque elétrico, não resistindo vindo a óbito instantâneamente no local. Depois de averiguar a situação os policiais militares acionaram os Investigadores de Polícia Civil e a equipe de remoção do Instituto Médico Legal (IML), depois dos levantamentos de praxe o corpo da vítima foi recolhido e encaminhado ao Centro de Perícia Científica Renato Chaves onde passará por necrópsia.

Ainda na noite de ontem um sobrinho da vítima que estava presente na hora do sinistro contou para a polícia em depoimento como o fatídico aconteceu, segundo ele, seu tio Antônio Freitas Coelho, residia na vicinal Piabanha, zona rural do municipio de Parauapebas, próximo a Vila Palmares II, e minutos antes do acidente teria se oferecido para tentar resolver a falta de energia no local, pois havia ocorrido o desligamento da canela de energia que provavelmente havia queimado se desprendendo da rede elétrica. Ainda segundo o sobrinho da vítima, seu tio utilizou uma vara plástica e quando tentou conectar a canela que estava dependurada na rede elétrica recebeu a descarga.

Segundo o sobrinho da vítima, Antônio Freitas, não estava usando equipamentos de seguranças, (botas e luvas), o mesmo sofreu uma descarga elétrica de aproximadamente 34 mil Volts, sendo arremessado a alguns metros do poste de energia elétrica falecendo minutos depois. A testemunha diz ainda que chegou a perceber um curto-circuito no momento que o seu tio tentou conectar a canela.


Na hora da remoção por parte da equipe do IML, foi observado que na vítima apresentava lesão na área do antebraço direito proviniente da alta descarga elétrica.
(N.F)

Publicidade