Prefeito, secretários e vereadores foram recebidos e ouvidos por gestores das pastas estaduais. Demandas em áreas como saúde, educação e infraestrutura foram entregues

Uma comitiva do governo municipal de Canaã dos Carajás, formada pelo prefeito Jeová Andrade, a primeira-dama Wayna Andrade, vereadores e secretários, foi até a cidade de Marabá nesta quarta-feira (3) para entregar demandas locais a secretários de estado e ao governador Helder Barbalho. A cidade, localizada a 220 quilômetros de Canaã, se tornou a sede temporária do governo estadual por meio do programa “Governo Por Todo o Pará” – criado com o objetivo de aproximar estado e municípios.

Na data, demandas nas áreas de saúde, educação, agricultura, desenvolvimento econômico, infraestrutura, assistência social, habitação e meio ambiente foram protocoladas nos gabinetes itinerantes do secretariado estadual. A primeira-dama do estado, Daniela Lima Barbalho, recebeu das mãos de Wayna Andrade e do secretário de Desenvolvimento Social, Ronaldo Araújo, um documento com diversos requerimentos no segmento social.

O prefeito Jeová Andrade falou sobre a ação. “Entre as nossas principais demandas está a rodovia Transcarajás, que será fundamental para o desenvolvimento econômico da nossa região. Esse pedido já foi recebido pelo governador e o início da obra já foi autorizado. Estamos satisfeitos pelo que isso representa para o nosso município.”

Roberto Andrade, secretário de governo, destacou a importância da aproximação entre os governos estadual e municipal. “É fundamental que o governo estadual esteja mais próximo dos municípios, ouça demandas e apresente soluções para cada caso. Quem ganha com isso é a população que vê o trabalho acontecer com mais efetividade graças a essa importante parceria.”

Nesta quinta-feira (4), o prefeito Jeová se reunirá com Helder Barbalho e tratará das demandas apresentadas pelo secretariado. Em visita a Canaã, o governador afirmou que, além da pavimentação da estrada do Posto 70, a reforma da Escola Estadual Irmã Laura já foi autorizada. A expectativa é que as obras tenham início após o período chuvoso.

Publicidade