Composta por membros do poder executivo, legislativo e moradores daquela comunidade, comissão luta por mineração mais segura na região. Saiba mais aqui no blog Fala Sério

Após o crime ambiental, e consequente tragédia, ocorridos na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, a população da Vila Bom Jesus, zona rural de Canaã, tem vivido dias de medo. Vizinhos da barragem de rejeitos minerais do projeto Sossego, os moradores da localidade ficaram apavorados quando a represa foi classificada pela Agência Nacional de Mineração (ANM) como uma das que tem alto potencial de danos no estado. Apesar da Vale garantir que tudo está bem e lembrar que não há risco de um rompimento, o medo fala mais alto e alguns moradores chegaram a admitir que não conseguem dormir desde que a tragédia em Minas aconteceu.

Por conta dessa insegurança, uma assembleia foi realizada no início da semana e noticiada aqui no blog Fala Sério. A comunidade falou sobre a problemática na região e destacou a necessidade de uma vistoria completa nas barragens que existem em Canaã. Na ocasião, os vereadores Wilson Leite, Gesiel Ribeiro e Baiano do Hospital se comprometeram a apoiar a comissão e puseram os seus mandatos à disposição da causa.

Nesta sexta-feira (1), o prefeito Jeová Andrade protocolou um ofício na Secretaria Estadual de Meio Ambiente solicitando uma vistoria completa em todas as barragens. O mesmo documento foi encaminhado ao Ibama e à ANM. A expectativa é que nos próximos dias os órgãos enviem equipes de trabalho para a ação solicitada. O gestor municipal se comprometeu no apoio logístico às entidades de fiscalização.

Na noite de sexta, a comissão se reuniu para debater formas de se iniciar o diálogo com a Vale e com órgãos de fiscalização estadual e federal. Além dos vereadores já citados, o prefeito Jeová esteve presente, ouviu a comunidade e falou sobre a importância da prevenção às tragédias.

Publicidade