Comércio aberto, Weyne Cavalcante lotada e centenas de pessoas sem máscara transitando pela avenida todos os dias. É diante desse cenário que Canaã dos Carajás viu morrer seis pessoas no prazo de uma semana. Desde a última sexta-feira (19) até hoje (26), o município passou de 19 óbitos para 26. Os novos casos confirmados da doença também aumentaram bastante: passaram de 1889 para 2076 – quase 200 casos a mais.

Só hoje, a prefeitura informou duas novas mortes e 25 novos casos da síndrome, o que é, definitivamente, assustador. As seis mortes foram de cinco homens (dois de 52 anos, um de 69, um de 86 e um de 92) e uma mulher de 24 anos.

A boa notícia é que 1218 pessoas já se recuperam da Covid, incluindo uma mulher de 101 anos. No Pará, os números continuam sendo assustadores: 99.313 casos e 4.834 óbitos.

Com os números ainda ascendentes, o município se vê diante de uma tragédia anunciada. Nos bares e restaurantes, dezenas se aglomeram e parecem esquecer que a pandemia está longe de ter fim.

Publicidade