Na noite, de quarta-feira, 3, um grupo de ciclistas passou por momentos de tensão em Canaã dos Carajás. À circular em direção ao Bairro Cidade Nova, o grupo foi surpreendido pelo empresário identificado como Ernandes Santos que estava de carro e, ao deixar um supermercado, não sinalizou a manobra e por pouco não causou uma tragédia.

Um membro do grupo chamou a atenção de Ernandes que, aparentemente não gostou. “Ele parou num supermercado lá do Parakanã e ao deixar o local, saiu em alta velocidade na descida e só jogou o carro para a direita, quase que a gente batia na traseira do carro porque ele não deu seta e entrou de uma vez, a minha amiga falou assim, “Moço, presta atenção, tem ciclistas aqui atrás”. Ele não deu a mínima”, disse uma testemunha que não quis se identificar. Os ciclistas seguiram o percurso quando, nas proximidades do cemitério, avistaram o mesmo veículo parado em um trecho sem iluminação, a atitude, foi interpretada como uma tentativa de intimidar o grupo. “Depois do cemitério ele ficou esperando a gente.

As meninas todas passaram e ficaram só três mulheres e um homem para trás. Graças a que esse meu amigo viu que ele estava parado e foi na nossa frente para perguntar o que ele queria ali nos esperando, o motorista não falou nada e simplesmente acelerou o carro o foi embora”. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e escoltou os ciclistas até o final do percurso.
Publicidade