Segundo a mulher, homem se apaixonou por ela, mas não aceitou rejeição e inventou que ela tinha AIDS e que estava transmitindo a síndrome para outras pessoas. De forma irresponsável, a foto da vítima foi compartilhada por dezenas de pessoas

Em Canaã dos Carajás, uma mulher de 28 anos foi vítima de um boato falso. Um homem, identificado como Ernando Amaro da Costa, não suportou a rejeição amorosa e espalhou a sua foto em diversas redes sociais, mentindo dizendo que ela era portadora do vírus HIV.

>

Ernando foi ainda mais longe ao dizer que ela estava transmitindo a síndrome de propósito para outras pessoas em Canaã. A maldade dele foi piorada pelo compartilhamento irresponsável da foto da mulher por dezenas de pessoas do município.

Caluniada, Rosa dos Santos, a vítima, publicou nas redes sociais uma foto com exame feito nesta quinta-feira (5) para provar que não é portadora da doença. Junto com a foto, Rosa mandou um áudio explicando o crime cometido. “Eu não quis ter um relacionamento com ele e ele decidiu fazer isso com a minha imagem. O pior de tudo é que muitas pessoas estão espalhando isso.”

O crime cometido por Ernando, que mora no Maranhão, será investigado pela Polícia Civil.

Publicidade