Ideilson Porto Dias, 28 anos de idade, foi preso em flagrante de delito pela Polícia Civil de Parauapebas, por volta das 22 horas de terça-feira (16), acusado de furto qualificado. Segundo informações, minutos antes de ser preso pela PC, Ideilson havia sido apresentado na delegacia pela Polícia Militar acusado de ameaças contra um vizinho dele.

Entretanto, uma outra denúncia contra ele, o manteve atrás das grades. Ele também teria realizado um furto com arrombamento contra outra vizinha. A mulher teria tido sua casa arrombada e furtada no início daquela noite e, mediante levantamento, os policiais civis descobriram que o mesmo teria sido o autor do furto e que, antes de sua ação criminosa, teria adentrado na casa da vítima e lhe ameaçado com uma faca.

A vítima, que pediu para não ter sua identidade revelada, contou à reportagem que a invasão em sua residência ocorreu entre as 14h00 e 19h00, de terça-feira (16)

Às 14 horas ele teria adentrado na residência da vítima pela porta dos fundos usando capacete e óculos espelhado armado com uma faca. Confira o relato:

“A minha sorte foi que naquele momento tinha um pastor em minha casa, quando de repente ele entrou e viu o homem de Deus sentado no sofá, ele se espantou, olhou para mim e me perguntou quem era aquele homem. Eu respondi que era um pastor que eu tinha chamado pra orar em minha casa. Aí ele colocou a faca na cintura, tirou os óculos, pediu perdão e saiu” contou a vítima. Ela acrescentou que neste momento percebeu que o homem não estava normal, indo embora logo em seguida, porém, ainda de acordo com a mulher a noite ele retornou lhe oferecendo um cartão de visita, dizendo que era serralheiro e que ela precisava colocar grades de proteção na casa dela, pois sua casa precisava de segurança. “Assim que ele se retirou da minha casa eu fui para igreja, quando retornei vi ele na rua empinando pipa. Ao perceber que eu havia chegado, ele veio novamente puxar conversar comigo, me perguntando se eu queria vender meu carro. Falei pra ele que não nesse momento. Eu já estava preocupada pelo fato que já era uma 19h e, ao abrir a porta da minha casa, me deparei com a janela da cozinha aberta. Rapidamente pedi socorro pra minha vizinha ao lado e ela me socorreu; ele ficou na minha casa batendo nas portas, de lá da casa da vizinha dava pra ouvir tudo que ele fazia dentro de casa. Tive que tomar uma atitude, liguei para polícia e imediatamente a viatura chegou e conduziu ele até a delegacia. Assim que a polícia saiu do local, fui até minha casa e, para minha surpresa, o indivíduo tinha roubado três aparelhos celulares, cordões, pulseiras de ouro e um aparelho TV Box, além de roupas de trilha e vários outros objetos”. A vítima agradeceu a polícia por ter recuperado seus pertences.

(Neide Folha)

Publicidade