Polícia já identificou o assassino. Crime aconteceu após uma briga de bar

 

>

 

O mototaxista Maurivan Coimbra de Sousa, 38 anos, natural
de Riachão (MA), foi brutalmente assassinado neste domingo (3), por volta das 15h. O homem teve o corpo arrastado por mais de 500 metros e depois foi queimado junto com a moto que pilotava.

O caso aconteceu na área de loteamento conhecida como”Vale das Águas”, às margens da PA 275, sentido Curionópolis, distante cerca de 17 quilômetros de Parauapebas.

Segundo informações, o crime ocorreu após uma discussão
entre vítima e acusado em um bar na rua Diamante. Maurizan teria jogado uma lata de cerveja no rosto do algoz, já identificado pela Polícia. Veja abaixo.

Embora a vítima tenha sido amarrada e arrastada em sua própria moto desde o estabelecimento até onde teve o corpo queimado, a dona do
bar disse para polícia não saber o que ocorrera. Ela relatou que os dois
discutiram e que não viu mais nada depois que a lata de cerveja foi jogada

Acionada via CCO, a guarnição se dirigiu até o local.

“Após tomarmos conhecimento do fato, viemos ao local averiguar. Então,
depois de muita procura, encontramos o corpo e a moto ambos carbonizados. Fomos acionados pelo CCO sobre um homicídio aqui na área” explicou o policial responsável pela operação.

“Aparentemente, a vítima, após ser morta com um golpe na cabeça, foi arrastada para longe do bar. Há, inclusive, rastros no caminho desde o bar até aqui, prova que a vítima foi arrastada até o local do crime e será feita todos os procedimentos até chegar ao autor do crime” finalizou

Assassino identificado

A Polícia ouviu algumas testemunhas na manhã desta
segunda-feira e já conseguiu identificar o principal suspeito do crime. Danilo Saldanha Soares confessou ter matado o mototaxista, de acordo com as testemunhas, e agora é procurado pelas autoridades policiais.

 

(Caetano Silva)

 

 

Publicidade